Página do Projecto RCAAP (Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal)

Nota à navegação com tecnologias de apoio: nesta página encontra 3 elementos principais: menu principal (tecla de atalho 1); menu de acções RCAAP (tecla de atalho 2) e conteúdo principal (tecla de atalho 3).

Notícias | RCAAP - Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal

Depósito em Repositórios Institucionais a partir do CIÊNCIAVITAE

Quarta, 27 Maio 2020 10:26

No âmbito do ecossistema PTCRIS, insere-se o CIÊNCIAVITAE, a plataforma nacional de gestão curricular. O CIÊNCIAVITAE constitui-se enquanto elemento central no ecossistema de gestão da informação sobre a atividade científica e tecnológica funcionando como uma ferramenta de suporte à realização de qualquer ato administrativo baseado num CV. O desenvolvimento da plataforma respeita as melhores práticas e tem por base o normativo PTCRIS, sendo integrável com vários sistemas e identificadores nacionais e internacionais.

Sendo o RCAAP uma peça integrante do ecossistema de gestão de ciência, é importante garantir a integração da rede RCAAP com os restantes sistemas que constituem o mesmo ecossistema, nomeadamente o CIÊNCIAVITAE.

Esta integração resulta da intervenção que tem vindo a ser efetuada nos diversos sistemas (plataforma CIÊNCIAVITAE, Portal RCAAP, Repositórios) e que têm por base um roadmap baseado em blocos de casos de uso.

No caso concreto trabalhou-se nas especificações do bloco 2 (Depósito) que beneficiou de desenvolvimentos anteriores nos blocos 1(Claim) e 4 (Controlo de Autoridade).

A disponibilização da funcionalidade de depósito em Repositório Institucional a partir do CIÊNCIAVITAE prevê que os utilizadores desta plataforma possam optar por enviar para os repositórios onde estão afiliados, trabalhos passíveis de depósito. O processo envolve 3 momentos:

  1. Condições prévias para acesso à funcionalidade;
  2. Funcionalidade de depósito;
  3. Tarefas de validação.

Para testarmos esta integração, os repositórios institucionais do Instituto Politécnico de Leiria - IC-Online e da Universidade do Algarve - Sapientia foram as instituições piloto deste processo. Posteriormente, iniciaram-se reuniões com os restantes Gestores dos repositórios institucionais integrados no serviço SARI (Serviço de alojamento de repositórios institucionais) com o objetivo de estender a funcionalidade a este universo de repositórios institucionais. Neste momento, 18 destes repositórios já aceitam depósitos a partir do CIÊNCIAVITAE.

Prevê-se a implementação nos restantes num curto espaço de tempo.

CALL Alojamento de Revistas - Pub In

Segunda, 18 Maio 2020 11:45

Informam-se as entidades editoras de revistas científicas que, de 18 a 29 de maio de 2020, se encontra aberto o período de manifestação de interesse e candidatura ao Serviço de Alojamento de Revistas Científicas (SARC), integrada na iniciativa nacional PUB In.

O SARC oferece um conjunto de serviços associados ao alojamento de revistas científicas, tais como a gestão e manutenção das infraestruturas (equipamentos e software base) e das aplicações de suporte à gestão e operação das revistas científicas (ciclo de vida editorial e disponibilização de conteúdos). Estão excluídos do SARC todas as tarefas relacionadas com a componente editorial e de design da revista.

Esta candidatura incide sobre a modalidade SARC Light que inclui o apoio inicial à parametrização das aplicações de gestão e operação das revistas científicas e o serviço de apoio (helpdesk). Designado de Light, este serviço não inclui acompanhamento e consultoria às revistas, apenas a disponibilização do software como serviço.

As entidades editoras que estejam interessadas em alojar as suas revistas científicas no SARC deverão comunicar esse interesse enviando uma mensagem de correio eletrónico para o endereço  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  com os seguintes elementos:

  1. Nome da instituição/editora;
  2. Breve caracterização da revista – 1 a 2 páginas com informação relevante sobre a revista: título da revista, periodicidade (meses de publicação), nome da entidade editora, área científica, ISSN, ISSN, Online (se aplicável), URL do sítio web da revista (se aplicável), períodos de embargo ao acesso aberto aos artigos (se aplicável), política de copyright, corpo editorial, política editorial (com/sem revisão),números publicados, número de artigos publicados nos últimos 3 anos;
  3. Breve caracterização da entidade editora – nome da editora, natureza e enquadramento organizacional (editora universitária, associação científica, etc.) e revistas publicadas;
  4. Identificação e contactos dos responsáveis
  5. Assinatura e aceitação da declaração de compromisso que caracteriza o serviço e define as responsabilidades da entidade gestora.

A candidatura será considerada elegível se cumprir todos os critérios de elegibilidade que se seguem:

  1. Publicação científica periódica, publicando maioritariamente artigos científicos (sem prejuízo da publicação de outras tipologias como notícias, recensões, cartas, revisões de literatura, etc.);
  2. Publicação de uma entidade portuguesa ou sedeada em Portugal;
  3. Publicação em acesso aberto da versão digital (sem prejuízo da existência de outras edições)

O processo de seleção privilegia as publicações que reúnem os seguintes requisitos:

  1. Revisão por pares dos artigos publicados;
  2. Existência de um conselho editorial com composição pública;
  3. Maior longevidade da publicação;
  4. Maior número de artigos publicados nos últimos 3 anos;

O processo de seleção terá ainda em conta a preocupação de se assegurar a maior diversidade possível de áreas científicas e de entidades editoras.

As revistas que forem aceites terão obrigatoriamente de adotar as seguintes boas práticas e inovações na publicação científica, por forma a abraçar os conceitos de Ciência Aberta, nomeadamente:

  • Adoção de revisão por pares aberta;
  • Uso de identificadores de autor;
  • Publicar textos completos no formato JATS-XML;
  • Adotar a Publicação Contínua;
  • Assegurar a disponibilização dos dados de investigação das publicações em repositórios próprios;

Da análise das manifestações de interesse resultará a seleção. Os resultados serão comunicados a todas as entidades editoras que apresentem manifestações de interesse. As entidades editoras que não sejam selecionadas nesta fase ficarão desde já numa bolsa de candidatos que, mediante confirmação, integrarão a próxima fase de manifestações de interesse, para a seleção de mais instituições.

O projeto PUB In, desenvolvido pela Universidade do Minho (UM) e a Fundação para a Ciência e Tecnologia/Fundação para a Computação Científica Nacional (FCT/FCCN), surge para dar resposta às necessidades atuais da publicação científica. Tem como  principais objetivos:

  • Promover a gestão integrada da presença de revistas científicas nacionais em acesso aberto em diretórios e plataformas de indexação nacionais e internacionais;
  • Criar um ecossistema de gestão dessas revistas por forma a simplificar, integrar e tornar coerente a oferta atual de plataformas para a gestão do ciclo de vida (submissão, revisão, publicação) editorial de revistas científicas nacionais;
  • Atualizar o serviço SCIELO Portugal para alinhar com as diretivas centrais e integrar novas normas da comunidade.
  • Modernizar as plataformas de gestão do ciclo de vida editorial por forma a abraçar os conceitos de Ciência Aberta tais como open peer review ou o open annotations, bem como os novos paradigmas de relacionamento com o cidadão e o uso de formatos e protocolos reconhecidos internacionalmente.
  • Promover a preservação digital dos objetos digitais das revistas científicas.

Para qualquer informação ou esclarecimento adicional deverão contactar o projeto RCAAP através do endereço  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .


Reunião RCAAP Online: apresentações e gravação

Quinta, 14 Maio 2020 11:18

A Equipa de Coordenação do Projeto RCAAP realizou uma reunião online com toda a Comunidade RCAAP, no passado dia 06 de maio entre as 10h30 e as 12h00.

Este encontro teve dois objetivos. Por um lado, reunir e manter os encontros anuais com a Comunidade RCAAP, dando a conhecer as atividades e desenvolvimentos do Projeto. Por outro, dada a atual situação pandémica COVID-19, identificar e debater os desafios e oportunidades que esta situação apresenta para a Ciência Aberta em geral, e para a comunidade RCAAP em particular.

Considerou-se ser o momento oportuno para debater como se pode promover, no presente e no futuro,  a visão que nos tem orientado há 12 anos, de uma  ciência mais aberta, mais responsável e mais comprometida com necessidades da nossa sociedade.

A sessão foi composta por uma primeira parte dedicada a informações gerais do RCAAP e, num segundo momento, a um debate relacionado com a Ciência Aberta no contexto atual.
 
As apresentações e a gravação da sessão já se encontram disponíveis. Veja ou reveja!

Revista Ciência da Informação disponibiliza atas da ConfOA 2019

Terça, 28 Abril 2020 17:33

Acaba de ser publicado o Suplemento (v. 48, nº 3 de 2019) da Revista Científica Ciência da Informação, pertencente ao IBICT, com os trabalhos apresentados na 10ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta (ConfOA), realizada de 1 a 4 de outubro de 2019, em Manaus, Brasil.

Como descrito no editorial deste número especial, nesta publicação estão disponíveis para consulta 10 comunicações, 31 pechas-kuchas e, como novidade, 56 resumos dos trabalhos apresentados em formato de póster.

"O convite à leitura e à disseminação deste número especial é quase uma imposição. Justifica-se pelo fato de ser necessário conhecer para melhor, e de forma embasada, mostrar, em todos os âmbitos, que a saída (ou entrada) para o desenvolvimento humano é assumir a Ciência como um bem público sem fronteiras".

Em 2020 encontramo-nos, em ambiente virtual, para mais uma grande ConfOA!

Portal RCAAP como agregador de conteúdos sobre COVID-19

Quinta, 16 Abril 2020 10:16

Portal RCAAP é a componente central do Projeto RCAAP (Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal) e tem como objetivo a recolha, agregação e indexação dos conteúdos científicos existentes nos repositórios institucionais e nas revistas científicas das entidades nacionais de ensino superior e outras organizações de I&D.

Assim, tendo por base o principal serviço estruturante do Projeto RCAAP, foi criada uma Coleção específica sobre o COVID-19, tendo por base duas keywords: coronavírus e COVID-19.

"Vivemos tempos extraordinários e concentremo-nos, pois, por agora, em partilhar todo o conhecimento que nos possa ajudar a ultrapassar esta enorme e inesperada emergência do Covid-19".

Qual o objetivo da coleção?

Reunir num único local a produção científica sobre a temática e que é disponibilizada pelos recursos de I&D que integram o Portal RCAAP. Por outro lado, para além de disponibilizar a produção científica portuguesa, agrega também conteúdos científicos brasileiros que constam nos repositórios institucionais e revistas científicas através do agregador OASISbr.

Desde que a Coleção foi criada, à data em que este post foi redigido, agrega já 217 documentos.

Ciência Aberta para o bem estar de toda a humanidade!