Página do Projecto RCAAP (Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal)

Nota à navegação com tecnologias de apoio: nesta página encontra 3 elementos principais: menu principal (tecla de atalho 1); menu de acções RCAAP (tecla de atalho 2) e conteúdo principal (tecla de atalho 3).

RCAAP - Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal

RCAAP - Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal
DSpace 7.0 Beta 3, já disponível PDF E-mail

O DSpace, através do Leadership Group, dos contribuidores e da LYRASIS anunciam que a versão Beta 3 do DSpace 7.0 já está disponível para download e teste.

A Beta 3 é o terceiro lançamento Beta agendado, fornecido para feedback da comunidade e para introduzir as novas funcionalidades da versão 7.0. Dado tratar-se de um lançamento Beta, é totalmente desaconselhada a instalação desta versão em produção.

Ao invés disso, poderá ser instalada em ambiente de teste para exploração. Quaisquer problemas ou bugs podem ser relatados no GitHub (problemas UI, Backend/API issues).

O DSpace 7.0 Beta 3 pode ser implementado para testes públicos num site de demonstração e pode ser instalado manualmente ou através de uma "instalação rápida" do Docker.  As instruções estão disponíveis aqui.

Para saber mais poderão visualizar os seguintes vídeos:

Gravações de uma série de apresentações e workshops sobre esta temática estão disponíveis através dos seguintes links: 

Podem ainda consultar a documentação e edições iniciais que estão a ser preparadas como documentação oficial relativa ao Dspace 7.

Em breve:

  • Beta 4: Lançamento Beta com foco em melhorias de SEO, melhorias nos temas, relatórios estatísticos baseados em Solr e melhoramento do alinhamento do GDPR;
  • Beta 5: Lançamento Beta opcional para resolver quaisquer bugs ou problemas encontrados em Betas anteriores, ou completar quaisquer características incompletas.
  • 7.0 Lançamento Final: A versão final, pronta para produção da 7.0 será lançada assim que todos os Betas acima tiverem sido completados e quaisquer erros importantes pendentes tiverem sido resolvidos. Estimativa aproximada: 1-2 meses após o último Beta.

Mais informações e as últimas alterações podem ser encontradas nos Objectivos de Lançamento do DSpace 7.

Como nota final, indicamos que os Repositórios Institucionais integrados no Serviço de Alojamento de Repositórios Institucionais (SARI) disponibilizado pelo Projeto RCAAP, no qual o Repositório Comum se integra, o update para a versão 7 será realizada pela Equipa RCAAP.

Para a restante Comunidade, terão de ser as próprias Instituições a realizar o upgrade.

Consultem os links que perspectivem o que será a realidade do DSpace 7!!!

 
ConfOA2020: estrutura geral do programa e inscrições já disponíveis PDF E-mail

Encontra-se disponível a estrutura geral do programa da 11ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta.
A ConfOA decorrerá de 6 a 8 de outubro, este ano, em formato online.

A Conferência tem como objetivo reunir as comunidades portuguesa e brasileira, que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas relacionadas com o Acesso Aberto ao conhecimento e com a Ciência Aberta, com o propósito de promover a partilha, discussão e divulgação de conhecimentos, práticas e investigação sobres estas temáticas, em todas as suas dimensões e perspetivas.

As inscrições na Conferência são gratuitas e devem ser realizadas aqui.

Ao realizar a inscrição deve selecionar as sessões em que pretende participar.

Os Autores que viram os seus trabalhos aprovados não precisam de se inscrever nas sessões onde irão efetuar as apresentações. A Comissão Organizadora enviará links individualizados para essas sessões nas próximas semanas. Será necessário, no entanto, inscreverem-se nas restantes sessões, enquanto participantes.

Contamos com todos e com cada um em particular de 6 a 8 de outubro, virtualmente!

 
Semana do Acesso Aberto PDF E-mail

Semana Acesso AbertoSemana do Acesso Aberto: 22-28 de outubro de 2018

 
Serviço DOI PDF E-mail

Serviço nacional de atribuição de identificadores digitais persistentes.

O DOI (Digital Object Identifier) é um identificador digital persistente e único para diferentes tipos de objetos. Consiste num prefixo atribuído por uma Agência de Registo e um sufixo escolhido pela instituição, que pode incluir um conjunto de números, letras e/ou pontuação.

A FCT tornou-se membro de uma das Agências de Registo, a DataCite, para poder fornecer este serviço à comunidade académica e científica em Portugal através do projeto RCAAP.

Objetivos

Os principais objetivos do serviço DOI são:

- tornar mais visível e referenciável a produção científica nacional
- disponibilizar à comunidade académica e científica um serviço de identificadores digitais aceite pela comunidade científica mundial, para resultados de investigação dignos de citação, através da associação de links persistentes aos objetos digitais;
- promover o uso de metadados de qualidade nos sistemas de informação nacionais e internacionais, permitindo a interoperabilidade entre sistemas (ex.: CiênciaVitae, ORCID, repositórios institucionais, Portal RCAAP, etc.);

O que são DOIs?

DOIs (Digital Object Identifier) são identificadores persistentes usados para citar e direcionar para objetos. A atribuição de DOIs a documentos de investigação torna a informação mais visível e mais facilmente acessível. DOIs são amplamente utilizados na publicação científica para citar artigos científicos. Fornecem links de longa duração e permitem aos artigos publicados ficarem ligados aos respetivos metadados.

Porque devo atribuir um DOI aos meus documentos?

Há um grande número de benefícios ao atribuir DOIs aos documentos. Destacamos alguns:

- Assegura o acesso persistente aos seus documentos e torna mais fácil atualizar a sua localização;
- Aumenta a sua visibilidade porque aumenta a descoberta dos documentos e fornece links persistentes para serem utilizados nas citações em artigos publicados, apresentações, websites, etc.; 
- Fornece provas do impacto da investigação ao permitir fazer o rastreamento das citações bem como outras medidas de impacto.

A que tipo de documentos posso atribuir DOI?

O serviço DOI permite a atribuição a artigos de revistas, livros, capítulos de livros, conferências e palestras, datasets e outros, desde que seja informação citável e relevante para a investigação científica.

As teses e dissertações também terão um DOI, mas será atribuído automaticamente a partir da plataforma RENATES, como já acontece para o identificador TID.

Como devo proceder para obter uma conta para atribuição de DOIs:

O acesso ao serviço de registo de DOIs é efetuado através da abertura de períodos de candidatura. A manifestação de interesse é feita através do preenchimento de um formulário e fica sujeita a avaliação por parte da equipa que gere o serviço.

As candidaturas deverão ser efetuadas ao nível das instituições e não das unidades orgânicas, centros de investigação, faculdades ou departamentos universitários.

Quem pode concorrer ao Serviço de Registo de DOIs

Existem dois tipos de contas a atribuir no âmbito do serviço DOI no RCAAP:

- Revistas científicas - uma revista científica pode concorrer quando abrem candidaturas e, caso seja aprovada, recebe acesso a uma conta com um sufixo para atribuição de DOIs aos artigos que publica.
- Instituições - uma instituição pode concorrer quando abrem candidaturas e, caso seja aprovada, recebe acesso a uma conta com um sufixo para atribuição de DOIs a documentos digitais que detenha autoridade sobre eles. A esta conta poderão ser adicionados quantos prefixos sejam necessários, consoante o número de sistemas de informação a que pretenda atribuir DOIs.

Para saber mais consulte https://elearning.rcaap.pt/, área DOI - Revistas ou DOI - Instituições.

Para dúvidas ou questões use o contacto de email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
 


Página 1 de 23